Populares Mês

Ljubomir Obradovic deixa o F.C.Porto


Quem acompanha o Dragão até à morte sabe a adimiração que tenho pelo técnico sérvio e por isso a sua saída deixa-me triste. Ljubomir Obradovic é para mim o paradigma do que é um treinador completo: grande profissional, competente, exigente, mas amigo, eterno insatisfeito. Ganhou seis campeonatos consecutivos, conseguiu alguns brilharetes na Champions League, transformou e formou jogadores. Não sei as razões porque sai, mas espero sinceramente que seja uma saída pacífica, porque era do interesse das duas partes. Espero também que seja possível o F.C.Porto fazer-lhe uma homenagem de despedida, porque há treinador que deixam marcas e saudades e esses não podem sair como um treinador qualquer.
Desejo a Obradovic as maiores felicidades e muitos sucessos, obviamente, desde que não colidam com os interesses do F.C.Porto. O seu substituto já está encontrado, é Ricardo Costa, um dos nossos, ex-jogador e adjunto de Obradovic no F.C.Porto, foi técnico do ISMAI na época que passou. Recebe um herança pesadíssima, mas com o apoio de todos, tem tudo para conseguir bons resultados, dar continuidade à hegemonia portista, conquistar o Octacampeonato.

Mais sobre Obradovic Aqui - Aqui - Aqui

Jackson a sair, André André a entrar


Jackson escolheu o Milan, disse ontem Jorge Nuno Pinto da Costa no 10º aniversário da Casa do F.C.Porto de Argoncilhe. Por sua vez, em Itália, o presidente do clube italiano, Silvio Berlusconi, disse que o colombiano está muito próximo. Cha Cha Cha chegou como um ilustre desconhecido, houve quem sem o conhecer logo dissesse dele cobras e lagartos, até a sua fisionomia foi criticada, o preço, então, diziam que era um absurdo. Tirando uma ou outra declaração de que não gostei, foi um jogador importante e sempre um profissional que respeitou o manto sagrado. Eu no que diz respeito ao Milan e depois dos dentes de Aly Cissokho, sou como São Tomé: tenho que ver para crer, mas como a saída é inevitável, se não for para o Milan será para outro clube, desejo a Jackson tudo de bom para a sua carreira.

O Líder portista também confirmou aquilo que já era muito falado, mas faltava a declaração oficial: André André é reforço portista. Como não acredito, até pelo que vejo aqui, que o filho de António André vá servir de moeda de troca - falava-se na ida para o Málaga envolvido no negócio da chegada ao F.C.Porto de Sergi Darder - desejo-lhe as maiores felicidades de Dragão ao peito. E se chegar ao nível do pai é muito difícil - ver aqui as minhas razões -, tenho a certeza que na atitude, carácter, espírito de conquista e respeito pela camisola azul e branca, não vai ficar nada a dever ao seu progenitor. Porque quem sai aos seus não é de Genebra... 

João Moutinho? Era bom, era...


Faz no início do mês que vem 5 anos, que acabadinho de chegar de férias, um amigo me ligou a dar conta da transferência iminente de João Moutinho para o F.C.Porto. Apesar da fonte ser muito credível e mesmo tendo a certeza quase a 100% de que era verdade, porque o assunto obrigava a alguns cuidados, dei um lamiré, mas só no dia seguinte ficou a certeza. Agora volta a falar-se na possibilidade de João Moutinho voltar ao Dragão. Não tenhamos dúvidas: o regresso do médio internacional português seria uma bomba, um sinal e um click para motivar e mobilizar o portismo. Um jogador como o actual jogador do Mónaco seria também a tal referência que tem faltado dentro do campo e de que tanto nos temos queixado, depois da saída de Lucho González. Embora no futebol tudo seja possível, veja-se a passagem de Jorge Jesus para o Sporting, é melhor não criar expectativas... mas confiando que se houver uma possibilidade não deixaremos de fazer tudo para a agarrar.
 
Heptacampeões de Andebol, o vídeo dos sete títulos, mad in Sérgio Gomes

É giro! Azul e branco...


O F.C.Porto através das redes sociais deu um pequeno lamiré do que vai ser o novo equipamento principal para a nova época. É giro! Azul e branco... Ainda não traz quem é o novo patrocinador principal, mas já nos dá a conhecer o símbolo da marca que nos vai equipar em 2015/2016, a new balance.

Se não forem estes... paciência... O objectivo do post não era mostrar os novos equipamentos.

Eles mudaram de treinador, nós, meia equipa titular


Benfica e Sporting, ao contrário do F.C.Porto, mudaram de treinador, em circunstâncias normais isso seria uma vantagem para os Dragões, mas atendendo a vários factores não é assim. E não é assim porque, por um lado, quer Jorge Jesus quer Rui Vitória conhecem bem o futebol português; as características dos jogadores que vão treinar; os clubes que vão passar a representar; nada indica que as equipas habitualmente titulares de Sporting e Benfica sofram a razia prevista para onze base, digamos assim, que Julen Lopetegui mais utilizou no F.C.Porto em 2014/2015. E isso faz toda a diferença. No mínimo, equilibra as coisas. Vejamos: na defesa, Danilo já saiu, Alex Sandro, pela idade, pelo valor, porque não há por aí muitos laterais-esquerdos de qualidade, porque há muitos clubes daqueles que têm dinheiro necessitados de preencher esse lugar, mas também porque está a um ano de terminar o contrato, não será uma especulação sem sentido pensar que possa sair neste mercado. No meio-campo já saíram Casemiro e Óliver, no ataque Jackson é uma questão de tempo - espero que no caso do avançado colombiano o F.C.Porto não ceda nem um cêntimo nos 35 milhões e pagos a pronto! Portanto, temos, no mínimo, cinco dos normalmente titulares de Lopetegui e jogadores de indiscutível valor, de saída. Como resolver? Não é fácil, mas como bitaitar não paga imposto... Contratar bem - jogadores que a priori possam substituir os que saíram sem perda de qualidade - e integrar bem - ao mesmo tempo que se deve fazer tudo para que quem chega se sinta como em casa, deve-se dizer o que é o F.C.Porto, quais as suas exigências, a importância que damos ao profissionalismo, à atitude, ao carácter, ao espírito de lutar pela vitória, sempre, seja frente a adversários de pouca expressão, seja contra as melhores equipas do mundo -, uma política de counicação pró-activa, concertada, coerente, motivadora e mobilizadora. Se estes três itens, fundamentais, forem conseguidos... estaremos muito mais próximos do sucesso que do insucesso.

Nota de humor:
Ele só fala com Jesus pelo telefone, mas já está fascinado, diz Hugo Forte, jornalista do panfleto da queimada e recadeiro, chega rebos e OMO lava mais branco de Bruno de Carvalho. Agora nem que percam o caso Doyen não há problemas, Slimani, William e Monteiro, juntos, valem entre 50 a 60 milhões de euros. Ahahahahahah!

A renovação de Helton e lá vamos sabendo pelos outros...


Helton renovou por mais 2 anos, vai entrar na 11ª época de Dragão ao peito e o portismo está contente. Eu, sem querer ser desmancha prazeres, porque ainda não percebi o significado daquela declaração pública, via Instagram, faz para o mês que vem um ano; porque algumas declarações de Helton por exemplo, aquela do magrinho que cheirou a recado, mas sem destinatário; porque as referências não devem ser ambíguas, nem contribuir para agitar e perturbar; tenho pena, mas não comungo de tanto entusiasmo pela renovação do guarda-redes brasileiro.

Ficamos ontem a saber que o F.C.Porto vai defrontar os italianos da Udinese, a 8 de Agosto, no Dragão, naquele que tudo indica seja o jogo de apresentação aos sócios. Nada a dizer, a não ser que os portistas souberam pela comunicação social e esta através do site da Udinese. 
Quem também anunciou um particular com o F.C.Porto, foram os alemães do Duisburgo, este a 18 de Julho.

De manhã recebi uma chamada de um portista, preocupado, porque vamos dar 4 milhões/ano ao Maxi Pereira.
- Como, explica lá isso? Respondi eu.
- É verdade, vem no Correio da Manhã.
- Eh, pá poupa-me!

Raúl Jiménez; modernices; Artur Moraes; e a conversa com Adriano Galliani


Nesta altura é natural que todos os dias surjam notícias sobre jogadores que pretendemos ou jogadores nossos que estão na mira de outros emblemas. Mas mesmo com tudo muito silencioso e calmo no F.C.Porto, portanto, com pouca coisa para dizer, não faço tensões de ir por esse caminho, disparar contra tudo que mexe. Abro uma excepção: Raúl Jiménez. Espero que a suposta vinda do mexicano por empréstimo do Atletico de Madrid seja falsa, isso não esteja na cabeça de quem está a preparar a próxima época portista: dirigentes e treinador. As minhas razões são várias, vão desde ser um empréstimo; passando pelo facto de não ter mostrado nada de relevante ao serviço dos colchoneros; terminando, entre Raúl e o nosso Gonçalo... fico com o filho de Domingos Paciência - André Silva está num patamar abaixo do internacional sub-21. Para mim só faz sentido uma aposta em alguém para a frente de ataque e para o lugar de Jackson - isto se o colombiano sair... já foi dado como certo em tantos clubes...-, se for um avançado já com experiência, provas dadas, teoricamente garanta um rendimento alto. Jovens por jovens, formação por formação. fiquemos com a prata da casa.

Modernices:
Enquanto da parte do F.C.Porto, salvo o Dragões Diário, nada transpira, em contrapartida Quaresma fala de André André e Sérgio Oliveira - o segundo já tinha sido confirmado por Pinto da Costa, embora ainda não tenha sido apresentado formalmente, mas já no que toca ao jogador do Vitória S.C. ninguém do F.C.Porto confirmou...-, o coordenador da formação, Pablo Sanz, em Espanha vai dizendo que o F.C.Porto está interessado no regresso de Óliver. São sinais dos tempos, mas não gosto e pelo que vou vendo...há muita gente que também não gosta.
O trauma de Artur Moraes no Mais Futebol:
«Não há uma noite em que não sinta aquela bola passar no meu dedo. Não tem uma noite que não durma sem sentir aquela bola que por um minuto decidiu tudo. Teoricamente éramos campeões e a história poderia ser diferente. Mas não cheguei porque sou humano, e não por não querer. Não cheguei porque a bola fez uma curva de fora para dentro. Faltou meio centímetro de dedo. Ela resvala na minha mão. É daqueles momentos que não esquecemos jamais», assume.

Conversa com Adriano Galliani:
O Dragão até à morte estava no aeroporto de Pedras Rubras quando de repente lhe apareceu uma cara que ele conhecia de qualquer lado... passsado algum tempo fez-se luz: era o administrador delegado do Milan e braço direito de Silvio Berlusconi, Adriano Galliani.
Eis o diálogo, já traduzido:
- Senhor Galliani, no Porto? Hummmm... negócios com o F.C.Porto?
- Sim, meu caro e desta vez é a sério, tanto que para não haver problemas e não repetir a história, triste, do que aconteceu com Aly Sissokho, até pedi aos dirigentes portistas que me enviassem relatórios médicos sobre o estado dos dentes dos jogadores pretendidos.
- Portanto, o interesse é sério, o Milan com a entrada do novo accionista, Mr.Bee, tem a pasta...
- Pasta?! Não entendo.
- Dinheiro, euros, dólares, para pagar o que o F.C.Porto pretende?
- Claro, claro, como disse, desta vez é a sério, não vai ser fácil negociar com o F.C.Porto, mas tenho esperança que agora pode haver negócio.
- OK, obrigado Adriano, não lhe desejo sorte, mas se for do interesse das três partes...
- E que tal os rapazes?
- Bons, muito bons Adriano, podes pagar 100 kilos à vontade.
- Kilos?!
- Sim, euros, dólares...
- Ahahahahahah!

- Copyright © Dragão até à morte. F.C.Porto, o melhor clube português- Edited by andreset